segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Sorria, você está no picadeiro!!!

Nós não costumamos "chupar" matérias de outros sites.
Mas essa aborda um assunto tão ridículo, que envolve gente tão ridícula, e de uma maneira que esclarece tão bem THE RIDICULOUSNESS da coisa, que tomamos a liberdade de mandar um ctrl C/ctrl V aqui.

Aproveitando pra fazer a nossa parte na luta contra esse tipo de ser humano que só existe se tudo o que fizer, gostar e detestar estiver "nas redes sociais" para os miguxos e miguxas mandarem um "curtir".

A internet foi uma das melhores coisas que inventaram, sem dúvida. Mas um dos (muitos) efeitos peçonhentos é ter que aguentar gente que não tem nenhum amor próprio e NECESSITA que o mundo (ou seus milhares de "amigos" virtuais, dos quais não conhece pessoalmente 10%) participe de cada ida sua ao toalete...

Reportagem publicada no IG.COM.BR ...................... enjoy!




Todo mundo já estendeu o braço e tirou um auto-retrato para colocar no Facebook (nota rápida do C'n'R: epa! calma lá! Nem todo mundo!). Não é à toa que selfie foi eleita, pelo dicionário Oxford, como a palavra do ano. Antes de fazer biquinho para a câmera, saiba os tipos de foto que você deve evitar!

Saiba quais são os piores lugares e ocasiões para fazer aquela com biquinho

Todo mundo já teve aquele momento em que se olhou no espelho e se sentiu bonito (de novo...NEM todo mundo!). Daí para fazer biquinho para a nova foto de perfil do Facebook é um pulo. Tanto que “selfie” foi eleita pelo dicionário “Oxford” a palavra de 2013 e Justin Bieber está investindo em um aplicativo para ajudar na hora de fazer o clipe. Mas, por mais que você seja super fotogênico e parece estar sempre pronto para arrasar, é bom lembrar que certos lugares ou ocasiões não são as mais adequadas para o hábito. O iG Jovem te mostra os 9 piores tipos de selfies. Atenção: leia antes de disparar o flash!
não faça selfies no banheiro ocupado
Está com muita vontade de tirar uma foto do seu cabelo lindo na frente do espelho? Tenha paciência e espere o seu irmão desocupar o banheiro. Não é porque ele não está necessariamente usando o acessório que você vai invadir este momento tão íntimo. Se for o caso, improvise com o espelho do quarto.

...o mesmo vale para o banheiro público
O banheiro público é para todos, mas ainda assim é melhor deixar o momento de tirar uma selfie apenas entre você e o espelho. Desconhecidos sempre podem aparecer como um pano de fundo nada agradável ou, ainda, simplesmente julgá-lo por estar impedindo que eles lavem as mãos.

Sofreu um acidente? Hospital primeiro, selfie depois
É cada vez mais comum a gente contar cada detalhe de nossas vidas nas redes sociais, principalmente se estamos com fome ou se está chovendo lá fora. No entanto, isto não quer dizer que, depois de sofrer um acidente feio, você precisa tirar uma foto dos seus hematomas para publicar na internet, né? Ainda mais se você ainda estiver na maca...
Durante um incêndio, use o celular para chamar os bombeiros, não para tirar foto
“Olha, aquele prédio está pegando fogo! Que ótima oportunidade para fazer uma selfie!” Nãããããão!!! Se você vir uma casa pegando fogo, use o celular para chamar o bombeiro e não para fazer uma foto. Os eventuais donos do local vão agradecer.
Foto com as cinzas da sua avó? Melhor deixar a urna em um lugar mais discreto. Foto: Reprodução/Twitter/Instagram
1/9
Não faça selfies em um funeral...
Não importa se você caprichou no visual ou se o cemitério é bonito, não é legal fazer a melhor pose para a câmera do celular nesta ocasião. O climão não é dos mais maneiros para mostrar toda a sua beleza nas redes sociais, além de você correr o risco de mostrar o que não deve. E não importa que você esteja se despedindo de seu avô e que esta seja a última vez que o virá, não tire foto com o corpo! Já pensou se ele puxa o seu pé à noite?

Reprodução
Funeral não é lugar para fazer bico para a câmera!





...e nem com as cinzas de sua avó
Se já é assustador tirar foto com uma pessoa morta, o mesmo vale para as cinzas da sua avó. Você não precisa tirar uma foto com todas as coisas importantes para você, ainda mais os restos mortais de alguém. E, afinal, por que raios alguém leva uma urna para a piscina?

Seu pet morreu? Não precisa mostrar nas redes sociais
Ok, todos amamos os nossos bichinhos de estimação. Mas é tão mais emocionante nos despedirmos do cachorrinho no Instagram com uma foto dele preferencialmente VIVO?

Chernobil não é lugar para fotos...
Chernobil, na Ucrânia, foi o palco do maior acidente nuclear da história mundial, causando a evacuação de aproximadamente 200 mil pessoas. Você não vai querer lembrar de uma história tão triste quando ver a sua nova foto do perfil do Facebook, né? Então que tal se, na próxima vez, você usar o filtro do Instagram em uma imagem do parque, não de uma das torres da usina nuclear?

…muito menos uma câmara de gás de Auschwitz
Milhares de pessoas morreram nas câmaras de gás do campo de concentração de Auschwitz, então este não é o local mais “boas vibrações” para fazer uma selfie bem maneira. Use o local para um momento de reflexão e não para mostrar o seu melhor carão. O seu cabelo que acordou de bom humor pode esperar até você sair de lá.


Em resumo... a reportagem abordou a coisa de um jeito "teen" (no sentido de ridículo). Mas chega a ser chocante quando a gente cai na real e percebe como as pessoas se tornaram ocas. O carro que eu comprei só existe de verdade se eu postar para o mundo ver. A comida que eu comi só existiu se o mundo "curtir" nas redes. Minha namorada só vai ser minha namorada se eu lascar um status no meu perfil. Eu não estive em tal país se não postei minhas fotos nos mesmos monumentos em que 1 bilhão de pessoas já posou.
A questão não é REGISTRAR o momento. Você pode fotografar a cerveja que bebe ou a moto linda que viu na rua, ou o show fantástico que assistiu. O desvio psicológico acontece quando você PRECISA mostrar e espalhar para o planeta Terra e circunvizinhanças. Você já chegou na casa daquela tia velha e ela resolveu te obrigar a ver aquele monte de álbum de fotos desde quando ela nasceu? É um pouco pior do que isso...
Claro que essas coisas não vão acabar. A carência humana é um poço sem fundo, e as "redes sociais" servem como um Lexotan, trazendo um pouco de alegria a pessoas que, sem a internet, simplesmente não existem nesta dimensão em que vivemos - a real.
Mas acreditamos no bom senso. Eventualmente. Quem sabe um dia... antes do Armageddon...
Agora corre lá tirar sua foteeeeenha pra postar. Será que vão "curtir" bastante? Hummmm...


música para reflexão: "Ridiculous", do P.O.D.

2 comentários:

ﯼαm ♠ disse...

Parece mentira, mas as pessoas chegam mesmo aos extremos exibicionistas.
Não acredito que a última da espécie tirou uma foto com a urna de cinzas da avó. Na certa, odiava a nana dela, porque se fosse um parente que se demonstrasse o mínimo de respeito, não faria isso.

Esse mundo está de cabeça pra baixo, não é mais um picadeiro, poderia ser o inferno e os que ainda mantém um pouco de dignidade, respeito ao próximo, vivem no limbo.

Nossa, tem cada um nesse planeta...
Por isso que só tenho uma amiga mesmo, fico cada vez mais impaciente com essas cabeças de girinos (como diz minha mãe).

Sarinha disse...

Rsrsrs

quem nunca né?
mas acho que não tem mais limites. Colocar uma foto de um lugar bonito é uma coisa, agora fotografar O QUE VOCÊ COME já é foda.
Mas são essas pessoas que dominam as redes sociais. Paciência. O mundo é dos medíocres mesmo.

Amo o blog!