quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Mais cerveja - mas de qualidade, por favor!






Origem

LAGER significa armazém em alemão. E não é à toa que o surgimento desta família seja creditado ao sul do país.
Nesta época, as cervejas não eram produzidas no verão, pois temperaturas amenas eram necessárias durante o processo de fabricação da bebida. Foi aí que alguns cervejeiros descobriram que a temperatura dos Alpes permanecia baixa até mesmo na estação mais quente do ano. Eles, então, passaram a fabricar mais na primavera com o intuito de armazenar os líquidos nas cavernas da área durante o verão (daí a origem do nome).
O que eles não podiam adivinhar era que as leveduras destas cervejas de alta fermentação iriam sofrer mutações e mudanças significativas por conta da baixa temperatura dos “armazéns”.As leveduras, que antes subiam à superfície, passaram a afundar no recipiente. O resultado disso foi uma cerveja mais estável e límpida.
E foi assim, sem saber ou mesmo querer, que os cervejeiros da Alemanha deram início às culturas de baixa fermentação. Inclusive, estatutos da cidade de Munique do ano de 1420 já registram a prática do armazenamento.

Famílias e estilos

As cervejas foram agrupadas em três grandes famílias: Ales, Lagers e fermentação espontânea. Primordialmente, essa divisão acontece com base nos critérios de fermentação utilizados em suas respectivas fabricações.
As Lagers, tema do post de hoje, são fermentadas a partir da levedura Saccharomyces Carlsbergensis a temperaturas em torno dos 10°C. Geralmente são filtradas e possuem coloração clara e dourada, mas também existem algumas variações escuras. Aromas de cereais, pão e lúpulo são comumente encontrados nas cervejas lager que, em geral, não são frutadas.
Dentro desta grande família é possível subdividir as cervejas em mais de 30 estilos, nem todos com divulgação forte aqui no Brasil. Alguns dos mais comuns são:

Pilsen


Representa 98% do mercado nacional. Surgiu em 1842, na cidade de Pilsen (República Tcheca), e logo ganhou notoriedade devido à coloração dourada que a diferenciava do padrão mais escuro das cervejas daquela época. Atualmente existem mais de 8 mil marcas de Pilsen. Exemplos: Pilsner Urquell e Budweiser Budvar/Czechvar.


Dunkel


O nome significa “escuro” em alemão. Estas, portanto, são as cervejas produzidas com malte de cevada torrado. Harmonizam com queijos gruyère, gouda e provolone, além de carnes vermelhas e grelhadas. Exemplos: Warsteiner Dunkel e Hofbräu München Dunkel.

Bock
Originárias de Einbeck, no norte da Alemanha, estas cervejas são avermelhadas e encorpadas. Também são conhecidas por “cervejas de inverno” desde a era medieval, quando os monges não podiam comer durante determinada época do ano e se alimentavam apenas de Bock. Eles acreditavam que a bebida tinha a capacidade de limpar tanto o corpo quanto a alma. Exemplos: Chouffe Bok 666 e Brasal Bock.




Rauchbier


Originárias de Bamberg, na Alemanha, estas cervejas são conhecidas por serem defumadas (que, inclusive, é o significado da palavra em alemão). Harmonizam com queijos defumados, frios, salmão, salsichas e porco. Exemplos: Schlenkerla Rauchbier Märzen, Kaiserdom Rauch-bier, Eisenbahn Rauchbier e Victory Scarlet Fire Rauchbier.



música para reflexão: "Have a drink on me", do AC/DC

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Epa. . !

Será verdade?

Será que uma minoria que pensa vai se tornar uma maioria?

Será que vamos evitar virar uma CUBEZUELA ou VENEZUCUBA ?!?!?


So far... so good...


(mas vencer a bandidagem e as fraudes é mais difícil... veremos...)





quarta-feira, 1 de outubro de 2014

E vamos nós de novo... os trouxas.



Neste país em que você vive, são ínfimas as chances de:

- pessoas honestas chegarem a cargos de comando,
- pessoas inteligentes ganharem mais do que "artistas" do povão,
- mulheres brilhantes serem melhor sucedidas do que piriguetes do funk (e do pagode, e do futebol...),
- crianças que nascem pobres tornarem-se adultos de sucesso,
- criminosos de alto poder aquisitivo e/ou influência política cumprirem pena;
- políticos corruptos serem despojados de seus cargos,
- pessoas em cargos de comando colocarem o interesse coletivo acima do pessoal...

em compensação, incomensuráveis são as chances de:

- você ser assaltado,
- você ser assassinado,
- você ser usado por políticos,
- você ser ignorado nas filas dos serviços públicos,
- você ter um ente querido enterrado vivo nas drogas,
- você ter um ente querido assaltado, assassinado, usado por políticos, ignorado nas filas dos serviços públicos,
- você não ter seu valor reconhecido,
- você ter negado seu direito à própria sexualidade, ou sobre seu próprio corpo,
- você ver todo seu estudo e esforço jogados no lixo,
- você ligar a TV, abrir o jornal ou a revista, e ver aquele político canalha, corrupto, pusilânime, sendo eleito para um novo mandato, desviando (de novo) dinheiro público, elegendo seus próprios parentes, cupinchas, capachos, amantes, protegidos, e inflando sua própria fortuna enquanto você assiste seu salário definhar...

MAS, está chegando aquele dia - o dia em que você ACHA que vai mudar alguma coisa. E - se você acredita nisso, encha seu peito e comemore com orgulho! Em breve, caso seu candidato vença, estaremos discutindo a sua felicidade e satisfação...

Ou você acha que algum desses "iluminados" tem a consciência limpa, nenhum rabo preso, culhão para combater os coleguinhas vagabundos...e, principalmente, VONTADE altruísta de melhorar o país? 

O país é deles. E será de seus indicados e descendentes...

Ah, e lembrando...

NENHUM PAÍS CIVILIZADO possui voto obrigatório. É a verdadeira vontade de participar que tira o cidadão de casa num dia de descanso e o leva, feliz, às urnas. E é pela vontade ESPONTÂNEA desse cidadão que as coisas mudam para melhor.

Entretanto... não estamos falando de primeiro mundo...ops...!




Fulguras, ó brasil, florão da América...








música para reflexão: "Corruption", do Exodus.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

O nórdico que faz mágica na pele...

NIKI NORBERG é considerado hoje um dos gênios da tatuagem realista. Basta dar uma olhada nessas poucas amostras para saber o motivo.
Mas o diferencial nesse gênio sueco é como ele consegue utilizar elementos abstratos, combinações de relevo e textura, e principalmente um sombreado inacreditável.
Se você quer se transformar em uma obra de arte desse menino, basta dar um pulinho ali na Wicked Tattoo, em Gothenburg, na Suécia. 
E olha que vale (muito) a pena... confira:

Niki Norberg aka Niki23gtr - tattoo artNiki Norberg aka Niki23gtr - tattoo artNiki Norberg aka Niki23gtr - tattoo artNiki Norberg aka Niki23gtr - tattoo artNiki Norberg aka Niki23gtr - tattoo artNiki Norberg aka Niki23gtr - tattoo artNiki Norberg aka Niki23gtr - tattoo artPosted On Shock Mansion (1)



Posted On Shock Mansion (20)
palmas para o gênio, senhoras e senhores!

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

As melhorias que o tempo traz...


Você é daqueles que acham que devemos ficar mais "comportados" com a idade?

Nossa opinião... HELL NO !!!

meu bom amigo James... antes e depois da birita e das tattoos.

Dave era um mala na época do Nirvana. Hoje é responsa.

Eddie na época da revolta, e hoje, na da consciência.
esse continua xarope. Mas pelo menos melhorou o visual.

o que não pode ser dito de Mike Patton. Adotou o estilo "mob"

Chris Cornell. A cabeleira mudou? O vozeiraço não.

b.j. ficou menos menina. 
 Zakk pode ter dado uma leve exagerada no processo...

e o que dizer do "Metal God"? Depois que saiu do armário, ficou até mais macho!

será que o segredo da imortalidade do Iggy são as dorgas? Um dinossauro que não envelhece? 

dispensando comentários. Fodão then, fodão now, fodão forever.





música para reflexão: "Rock Forever", do Judas Priest.

domingo, 31 de agosto de 2014

Democracia. . . segundo o deus LOKI


Nos dias de hoje... quanto mais vejo o mundo ao meu redor, mais acredito que LOKI é um sábio. 

"Vocês foram criados para serem governados. É a verdade não dita da humanidade - que vocês adoram ser subjugados. No final vocês sempre acabarão se ajoelhando..."

Pena que não é ele quem vai nos governar. Ou nos "guiar", se o assunto for religião. Seria mais honesto e transparente do que as ofertas disponíveis no mercado.


"DEMOCRACIA", segundo o dicionário, seria a "forma de governo onde o poder é exercido pelo povo".

Pense um pouco e me responda... onde existe isso? Onde o povo manda? Onde você pode escolher DE VERDADE quem quer no governo, e, mais ainda, escolher TIRAR do governo quem não presta? Em que lugar deste planeta você REALMENTE controla a própria vida?

"Democracia" lembra um pouco a historinha de paraíso e inferno. Ninguém nunca viu ao vivo, mas juram que existe. E quem decide pra onde você vai é um cara bem parecido com LOKI... um ser poderoso e imaginário, cuja megalomania obriga seus ignorantes súditos a se ajoelharem diante de suas vontades.

Então... ajoelhem-se. Marchem como ovelhas rumo às urnas e "decidam" quem vai arruinar suas vidas nos próximos anos. E depois sigam o rebanho e agradeçam, de joelhos, por serem poupados mais um dia da fúria do poderoso governante do universo. Não... não é o LOKI...






música para reflexão: LOKI, do Rancids.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

"Papai, quero uma Harley..!"




Houve um tempo, não muito distante, em que Harley Davidson era mais que uma marca, um nome. Era quase que um chamado espiritual para quem achava que o mundinho boboca e enquadrado não bastava.

A "globalização" trouxe, entre tantos efeitos nefastos, a "popularização" de algo que era restrito a uns poucos. Restrito não por causa de dinheiro ou falta dele. Mas porque poucos viam nessa máquina barulhenta, manhosa e maravilhosa seu verdadeiro sentido.
Chegaram os playboys, riquinhos com mesadas altíssimas que acharam bonitinho pedir pro papai uma "Harley pra zoar". E hoje vemos esse bando de cretinos pilotando essas máquinas mágicas que deveriam ser vendidas apenas pra quem provasse ter HD no DNA.

Fazer o quê...

Mas... não vai demorar pra modinha passar, e a boa e velha Harley Davidson voltar a pertencer aos seus legítimos donos: os Harleyros! Os playbas vão acabar preferindo as japonesas barulhentas e velozes, que vêm em cores que combinam com seu macacãozinho e seu capacete milionário. E vão se reunir em bandos felizes, cercados de música ruim e mulheres de mau gosto.

Que esse dia não tarde...


Exato. Você nasce com o espírito...ou não.





música para reflexão: "Motorcycle Man", do Saxon.