quarta-feira, 7 de setembro de 2011

E vamos nós de novo... os trouxas.

Neste país em que vivemos,

são mínimas as chances de:

- pessoas honestas chegarem a cargos de comando,
- pessoas inteligentes ganharem mais do que "artistas" do povão,
- mulheres brilhantes serem melhor sucedidas do que piriguetes do funk (e do pagode, e do futebol...),
- crianças que nascem na miséria tornarem-se adultos de sucesso,
- criminosos de alto poder aquisitivo e/ou influência política cumprirem pena;
- políticos corruptos serem despojados de seus cargos,
- pessoas em cargos de comando colocarem o interesse coletivo acima do pessoal...

em compensação, enormes são as chances de:

- você ser assaltado,
- você ser assassinado,
- você ser usado por políticos,
- você ser ignorado nas filas dos serviços públicos,
- você ter um ente querido enterrado vivo nas drogas,
- você ter um ente querido assaltado, assassinado, usado por políticos, ignorado nas filas dos serviços públicos,
- você não ter seu valor reconhecido,
- você ver todo seu estudo e esforço jogados no lixo,
- você ligar a TV, abrir o jornal ou a revista, e ver aquele político canalha, corrupto, pusilânime, sendo eleito para um novo mandato, desviando (de novo) dinheiro público, elegendo seus próprios parentes, cupinchas, capachos, amantes, protegidos, e inflando sua própria fortuna enquanto você assiste seu salário definhar...


MAS, é dia da Independência. E - se você acredita nisso, encha seu peito e comemore com orgulho...

Parabéns para "eles". O país é deles. E será de seus indicados e descendentes...

Fulguras, ó brasil, florão da América...



Amém.




música para reflexão: "Corruption", do Exodus.

6 comentários:

Mara disse...

http://folheandolife.blogspot.com/2011/09/por-um-brasil-etico.html

que tela? disse...

Caraí, agora eu fiquei triste!

que tela? disse...

Caraí, agora eu fiquei triste!

Lalá disse...

viva o brasil!


ótimo post

ValLindinha disse...

Triste. O país tem muito para estar entre os melhores, mas como diz o meu pai: "o pior do Brasil é o brasileiro". O povo é corrupto. Nós somos corruptos culturais. Queremos passar a perna em todo mundo, não perdemos uma chance de pegar "souvenir" onde quer que passemos (pode ser um copo americano) e a hipocrisia come solta. Tudo esta bem se PARECER bem....

Aninha B disse...

Apesar dos pesares...Pátria amada,Brasil.